Olfato canino – Descubra como ele funciona

Super sensível, ele funciona milhares de vezes melhor que o do ser humano


Os cães são conhecidos por serem ótimos farejadores, por isso muitas vezes nos perguntamos: será que os cães gostam do perfume que o seu dono usa? Será que é agravável para eles sentir aquele cheirinho de limpeza dentro de casa?

Como o olfato canino é muito sensível, muitas vezes reparamos certos comportamentos nos animais, como os que ficam espirrando ou esfregando o focinho no chão, demonstrando certo incomodo. Isso nos mostra que nem sempre um tipo de cheiro agradável para os seres humanos, pode ter o mesmo efeito com os cachorros.

Cães possuem o olfato aguçado e sensível

Os cachorros possuem um sistema olfativo que funciona milhares de vezes melhor do que o sistema olfativo dos seres humanos.  O nariz de um cachorro possui cerca de duzentos milhões de receptores olfativos nasais e cada um deles trabalha identificando as moléculas de odor que estão voando pelo ambiente ou até mesmo odores que estejam impregnados em objetos.

Por exemplo, se compararmos a região olfativa de um cão da raça Pastor alemão, podemos medir 150 centímetros quadrados de região olfativa, já no caso de uma pessoa, vamos identificar apenas de 3 à 4 centímetros quadrados de região olfativa, comprovando assim, a diferença gigantesca.

Olfato canino - Descubra como ele funciona

Foto: Reprodução

Posição das células olfativas caninas

Outro aspecto que comprova que o cachorro é um grande farejador, é o posicionamento de suas células olfativas: suas células sensitivas são próximas (umas das outras), em relação as células olfativas de um humano. Desta forma, o cachorro forma uma grande região especializada que chega a dobrar diversas vezes sobre si mesma, formando muitos sulcos e cristais, potencializando a capacidade olfativa.

Qual é a função do focinho e nariz úmido do cachorro?

O focinho e o nariz do cachorro é úmido, por completo, fazendo um tipo de capa, que é formada principalmente por líquidos que atuam como “fita adesiva”. Esta umidade é responsável por ajudar o cão a captar cheiros diversificados.

Memória olfativa

Os cães também possuem uma ótima memória olfativa, por isso são grande aliados de policiais em investigações, buscando pessoas desaparecidas, drogas e objetos.

No entanto, para que o olfato canino esteja em pleno funcionamento é importante que o cão esteja com todo o seu instinto e com sua desenvolvida maneira de captar odores diferentes em pleno funcionamento. Para garantir esta capacidade canina de memória olfativa, é muito importante que o cachorro tenha uma boa saúde.

Problemas de saúde que comprometem o olfato canino

  • Problemas respiratórios;
  • Gripe;
  • Resfriado;
  • Pneumonia.

Estes problemas atrapalham diretamente o olfato canino. Para evitar que isso aconteça, mantenha sempre em dia a vacina de seu animal.

Leve seu cachorro ao médico veterinário para fazer um check up, desta forma será possível manter a saúde de seu cão, e ele irá manter olfato em sua capacidade máxima, detectando os mais variados odores.


Reportar erro