Descubra os significados dos latidos dos cachorros

Latidos têm diferentes timbres, sons e tempos, uns são mais longos que outros


Assim como os humanos se comunicam falando, os cães também sabem e podem fazer isso, porém, eles têm uma forma bem específica para praticar a comunicação, isto é, os latidos. Pode ser que alguém da sua família ou algum vizinho se incomode com o barulho causado pelos animais, e por essa razão você deve intervir. Mas, como fazer isso?

Primeiramente, o tutor deve entender o que o cão está querendo dizer. Afinal, só há comunicação quando se fala a mesma língua. Assim como o cão consegue interpretar o “vamos passear”, você também deve entender os diferentes latidos do seu pet.

Por que o cachorro late?

Como já dito, os cães latem para se comunicar com os donos. E se o tutor prestar atenção ao pet, vai perceber que os latidos têm diferentes timbres, sons e tempos, uns são mais longos que outros. Nessas diferenciações, se encontra a resposta para cada forma de falar dos cães, que podem significar fome ou sede, vontade de brincar, medo, agressividade, entre outros.

Descubra os significados dos latidos dos cachorros

Foto: Reprodução/ internet

Por exemplo, se um cão está incomodado com algum barulho, como o de uma campainha, ele pode soltar um latido baixo e mais demorado. Outras situações de irritabilidade do cão podem ser tão intensas que o pet pode latir forte e muito rápido. Nesses casos, podem ser emitidos sons semelhantes ao de agressividade, quando o cachorro vê algo ou alguém que ele não gosta.

Já quando os cães querem brincar ou chamar a atenção do dono ou de outro animal, o latido costuma ser forte, porém, curto. Cães podem usar a comunicação para pedir comida, ou para pegar algum objeto que não esteja ao seu alcance, como uma bolinha que está embaixo da cadeira.

Outro fator que estimula o latido do cão é influência do dono. Quando o animal reage com um latido assim que vê um desconhecido e em seguida a pessoa sai, está induzindo o pet a usar esse recurso sempre que ocorrer essas situações. Se o cão late para sair e você abre a porta é outra prova que ele consegue o que quer se começar a latir. Para evitar essas situações, o tutor deve começar um treinamento com o cão logo cedo.

A opinião de estudiosos

Várias pesquisas já foram feitas para tentar entender o latido dos cães. O animal em questão foi o lobo, e entre os estudos feitos descobriu-se que essa espécie só late por dois motivos, são eles: para demarcar o território e se comunicar com a matilha. Já os cães domesticados latem por ter essa relação domesticada com os humanos.

Lobos vivem na floresta, costuma ver coisas estranhas, mas que para eles são naturais. Além disso, têm um território muito grande. Já os cães que são criados em casa, têm que dividir um pequeno espaço com pessoas e as vezes com outros animais, quase tudo é novo, por isso desperta curiosidade e às vezes medo. Nesse sentido, os peludos domesticados tendem a latir mais.

Como conselho, tente ouvir mais o seu pet. Ele tenta entender o que você e por isso você deve fazer o mesmo. Escute, se for preciso anote e interprete os tipos de latidos do seu melhor amigo de quatro patas. E lembre-se sempre de educá-lo para que o mesmo não fique mimado e faça apenas o que ele quer.


Reportar erro