Como cachorros influenciam na vida das crianças

A atividade social das crianças com cães é totalmente sociável e afetuosa, removendo o individualismo


Muitos pais ouvem frequentemente um pedido por parte de seus filhos “Pai, mãe, podemos ter um cachorrinho?”. Eis que a partir disso, surge a dúvida: será que isso vai ser bom para as crianças? Alguns estudos dizem que isso é excelente para o desenvolvimento dos pequenos. Vamos entender como os cães podem ajudar?

Convívio social e habilidades motoras

A convivência com animais pode deixar as crianças mais amorosas e atentas, auxiliando na qualidade da vivência entre familiares e amigos. Além disso, auxilia a melhorar a qualidade de vida da criança, pois a retira do sedentarismo. Jogar a bolinha para o cão ou correr com ele no quintal, além de deixar ambos muito contentes, vai gerar uma atividade física divertida e bastante benéfica à saúde dos dois.

As crianças com cachorros podem também se sentirem melhores diante de interações sociais, segundo estudos. Pode ajudar também no desenvolvimento emocional, auxiliando na compreensão das etapas da vida como o nascimento e até mesmo a morte. É importante, no entanto, apresentar a diferença entre os cães e os brinquedos, gerando empatia, amor e cuidado com o próximo e com os animais.

Outros benefícios

O convívio com cães e outros animais de estimação pode ajudar a melhorar a autoestima, a autoconfiança, a compaixão, a empatia, o respeito ao limite do próximo e a responsabilidade em crianças. A atividade social das crianças com cães é totalmente sociável e afetuosa, removendo o individualismo.

Muitas pessoas acabam se desfazendo dos cães quando vão ter filhos, por achar que podem machucar, sentir ciúmes ou até mesmo atrapalhar, mas a criança e o cachorro podem fazer muito bem um ao outro. Inclusive, o abandono é crime!

Como cachorros influenciam na vida das crianças

Foto: Reprodução

Dicas de interação

Quando for ter um bebê, fique atento às dicas:

Separe um paninho com cheiro do bebê e deixe embaixo das vasilhas de ração. Isso fará com que os cães associem o bebê com coisas boas. Além disso, não abandone o seu cão dentro de casa deixando-o de lado e sem carinho. Quando estiver com o bebê no colo, faça carinhos e dê petiscos, falando com seu pet. Isso fará que ele se sinta seguro e confortável com a presença do bebê.

Com o passar do tempo, a criança ficando maior, você poderá deixá-los brincar juntos e se conhecer, mas esteja sempre por perto. Além disso, a “sujeira” dos cães auxilia na formação e desenvolvimento da imunidade na criança.


Reportar erro