Cemitério para cães

Quando um cachorrinho morre, alguns cuidados com a saúde pública devem ser tomados. O cemitério para cachorros oferece conforto e um cuidado especial.


Os cachorros vivem bem menos que os humanos. Assim, quando ocorre a morte de um animal desses, além da tristeza profunda de se perder algo que era considerado parte da família, surgem problemas tais como “o que fazer com corpo?”, ou “enterrar ou cremar?”. Nas grandes capitais do país, já existem cemitérios projetados especialmente para os bichinhos de estimação.

Enterrar no quintal: por que não?

Muitas pessoas consideram um gesto de amor e carinho enterrar os bichinhos no seu próprio quintal. A sensação de proximidade parece aliviar bastante a dor da perda. Mas esse tipo de atitude não é aconselhável. Isso porque, na maioria das vezes, o óbito é ocasionado por doenças que são transmissíveis também para o homem, conhecidas como zoonoses. Quando em decomposição, o organismo do cachorrinho libera substâncias que contaminam o solo e o lençol freático, sendo um risco a saúde pública.

Procure o centro de zoonoses ou uma clínica veterinária

Estas são duas boas opções para quem mora em cidades sem cemitérios de pets. Cada município possui seu próprio sistema de coleta de animais. De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), cabe ao município realizar a destinação do animal morto de acordo com as normas. As clínicas veterinárias pagam uma taxa à prefeitura para recolhimento de lixo hospitalar e de animais, portanto, não deve ser cobrado nada ao dono do cãozinho. Neste aspecto, você pode escolher entre cremar ou enterrar, mas se a causa mortis for uma doença transmissível, a cremação passa a ser obrigatória. Infelizmente, a maioria das prefeituras encaminha para um aterro sanitário, o que também contamina o solo e os lençóis freáticos.  A coleta direta pelo centro de zoonoses possui uma taxa, que pode variar a cada ano.

Cemiterio para cães

Foto: Reprodução/ Facebook/ Park Cat & Dog

Cremar

Apesar das prefeituras garantirem a cremação, você pode fazer em locais especializados para isso. O serviço oferecido é bem melhor: o seu pet é cremado sozinho, diferente dos crematórios municipais, e você ainda recebe uma urna com as cinzas para levar para casa, se assim preferir. O valor depende da região, mas varia entre R$ 300 a R$ 900.

Cemitério para animais

Assim como os crematórios, existem os cemitérios específicos para animais. Apesar de pagos, eles oferecem todo um sepultamento especial para o bicho, atendendo às rígidas normas da Vigilância Sanitária. Fique atento que nem todo animal é aceito. Geralmente, apenas bichos de pequeno porte ou domésticos, tais como cães e gatos. Mas o serviço em si é fantástico. Você tem direito a cerimônias de velório, sepultamentos, enterros individuais ou coletivos.

Esses cemitérios são espaços muito bem cuidados, que atendem aos anseios referentes à personalidade do dono e do bichinho. Conta com uma ampla tabela de preços e opções de pagamento. É a opção ideal para quem deseja um lugar fixo em homenagem ao animal, onde possa sempre voltar para visitar.


Reportar erro