Remela nos olhos do cachorro: o que pode ser e como tratar?

A remela nos olhos dos cachorros pode ser sinal de problemas sérios.; confira orientações sobre o assunto


É bastante comum que, após uma longa noite de sono, os cães acordem com a remela, sujeirinha bastante conhecida por todos. Mas em alguns casos, acontece um vazamento bastante semelhante a ela, que pode passar despercebido e trazer algumas complicações à saúde do pet. É preciso, portanto, que caso sempre exista essa secreção, um médico veterinário, preferencialmente especializado em oftalmologia canina, seja consultado.

Segundo João Alfredo Kleiner, médico veterinário especialista em oftalmologia canina, é preciso estar alerta quando há qualquer sinal de sujeira no olho do pet. “Ela deve ser avaliada o quanto antes. Aparece nos quadros de uveítes (inflamações nos olhos), glaucomas (doença grave causada pelo aumento da pressão intraocular) e traumas, por exemplo”.

Raças propensas

As raças que têm maior propensão a ter problemas nos olhos são poodles, lhasas, cocker spaniels, shih tzus, cane corsos, beagles, rottweilers, pugs, pequineses e sharpeis. Apesar de serem raças propensas, qualquer cão está sujeito a apresentar esses problemas oculares, independentemente de raça.

Remela nos olhos do cachorro: o que pode ser e como tratar?

Foto: Pixabay

Em casos de raças de pelagem clara, principalmente poodle, maltês, lhasa apso e bichon frise, há um extravasamento no canto do olho que acaba grudando e causando manchas no pelo do animal, que é o que popularmente chamado de “manchas de lágrima”. Essas manchas podem causar infecções e inflamações na região da pele, que são as chamadas dermatites.

Essas manchas são mais comuns em tempos de calor, pois os problemas oculares atingem mais os cães nesse período. O ar seco também proporciona mais reações alérgicas e inflamatórias. A secreção também pode indicar a imunodeficiência, e também por isso deve-se procurar orientação.

Se de fato a imunidade estiver baixa, pode ser que haja alguns problemas com outras doenças e, portanto, deve ser cuidado imediatamente.

Como resolver?

A melhor coisa a se fazer é levar o pet ao veterinário, pois como existem muitas causas para o vazamento, precisa-se saber a causa exata para que o tratamento seja eficaz. O dono deve ficar atento aos sinais:

– Irritação nos olhos – vermelhidão

– Secreção nos olhos em excesso

– Dor nos olhos – cão apresenta dificuldades para abrir os olhos

– Perda de visão

Em caso de qualquer um dos sinais, é essencial buscar ajuda com um profissional veterinário, pois quanto antes o tratamento for iniciado, melhor será a cura.


Reportar erro