Ossinhos de couro são perigosos para seu cachorro!

Conheça os riscos e veja dicas para evitar que seu cão se meta em apuros


Dar ossinhos de couro para o cachorro é um habito muito antigo e comum, entre os donos de cachorros, por isso se você é uma dessas pessoas, este artigo é para você.

Quando temos um filhote em casa, (de um modo geral) o dono entrega um ossinho de couro sempre na intenção de desviar a atenção do animal para os móveis, chinelos e objetos da casa, na busca para minimizar este tipo de problema ou até mesmo na busca para proporcionar um agrado ao pet.

No entanto, por acaso você já se perguntou: quais são os tipos de problemas que o ossinho de couro pode causar para o cachorro? Bom, elaboramos alguns dos tópicos mais importantes, e vamos descobrir juntos a resposta, confira!

Irritação digestiva

O ossinho de couro é feito a partir da camada interna do couro do boi, em muitos casos, empresas que fabricam este tipo de osso abusam dos corantes artificiais na busca pela beleza estética do osso (para deixa-lo colorido e divertido).

Esse tipo de produto utilizado pode ocasionar uma forte irritação digestiva no animal e até mesmo alergias. Além do incomodo (o qual o dono do animal muitas vezes não fica ciente de que, de fato o cachorro se sente incomodado), após a digestão o osso pode ocasionar diarreias e vômitos.

Ossinhos de couro são perigosos para seu cachorro!

Foto: Reprodução

Asfixia (cão engasgado)

Essa situação pode agravar muito e levar inclusive o seu animalzinho a morte. Existem vários relatos de cães que se engasgaram a ponto de virem a óbito por conta de uma asfixia, isto é, sem conseguir respirar.

Em outros casos, o cachorro consegue engolir um pedaço muito grande do osso, que pode vir a obstruir o intestino do animal, sendo necessário passar por cirurgias complexas e de risco de vida.

O que devo fazer para evitar o perigo?

Caso você acredite que seu cãozinho não passe mal ingerindo o ossinho de couro, a dica é supervisionar sempre que o animal estiver degustando do produto. Nunca dê um ossinho de couro pequeno (facilitando que o animal o engula por inteiro) e com isso venha a se engasgar. Verifique na embalagem do produto e principalmente, com o seu veterinário, quais são as melhores marcas (com menos conservantes e químicas artificiais) para o seu cachorro, e qual é o prazo máximo para o animal se divertir degustando do ossinho. Após a validade jogue o ossinho fora. Sempre que adquirir o produto realize uma inspeção, verificando se o mesmo possui algum tipo de ponta ou lascas.


Reportar erro