Itens essenciais para receber um novo cão em casa

Além de amor, paciência e tempo, um tutor precisa comprar alguns itens para receber o novo morador da casa, como caminha, comida, coleiras e até roupinhas


Ter um cão em casa é ter um companheiro fiel que está com você em todos os momentos, sejam eles bons ou ruins. Quando alguém está querendo adotar ou comprar um cachorro é preciso que tenha em mente o que será preciso ter para dividir a vida com um amigo de quatro patas. Além de muito amor, bastante paciência e tempo, os novos papais humanos devem comprar alguns itens que são imprescindíveis na criação de um pet.

Pensando na dificuldade que alguns tutores apresentam nessa transição, preparamos uma lista de materiais que você deve comprar antes que o cãozinho chegue na sua casa, para que a recepção do novo morador seja a melhor possível.

O que é preciso ter quando o cachorro chegar em casa?

Camas de cachorro

O filhote quando está com sua mamãe canina divide o espaço de dormir com vários irmãozinhos, que se protegem e se esquentam. Quando o mesmo é adotado ou comprado e levado para seu novo lar, não poderá mais contar com essa proteção e por isso muitos promovem “escândalos” durante a noite. Sendo assim é necessário que o tutor pense em formas de acalmar o seu cãozinho.

Uma dessas maneira é providenciando uma cama aconchegante para o cão. Elas podem ser encontradas de diversos materiais, como vime, plástico e acolchoadas.

Itens essenciais para receber um novo cão em casa

Foto: Pixabay

  • Cesto de vime: São práticas na hora da lavagem e se mastigadas não causam problemas intestinais no cão, pois seus pedaços são comestíveis. Outra característica legal dessas caminhas, é o barulho que ela faz quando o cão se move, podendo confortar o filhote;
  • Cesto de plástico: O cachorro pode mastigá-lo, além disso as farpas afiadas provocadas pelas mordidas do animal pode feri-lo. Além disso, necessita de cobertores para amaciar o cesto. Porém, apesar dessas características, é fácil de limpar, durável e ainda protege o cão da corrente de ar;
  • Camas acolchoadas: São laváveis, mas demoram mais tempo para secar. Também podem ser mastigáveis, são fofinhas e bem confortáveis para abrigar um cãozinho.

Vasilhas de água e comida

Esses itens são importantes, mas ficam pequenos muito rápido para o cão, isso dependendo do tamanho que o pet vai ficar. Mas, independente disso, os donos devem comprar recipientes proporcionais aos seus amigos de quatro patas. Assim como as caminhas, as vasilhas de água e comida também podem ser encontradas feitas de diversos materiais, que vão dos mais baratos e menos resistentes e até os mais caros e com uma durabilidade maior.

  • Porcelana: No comércio está entre as mais caras, mas o material é de boa qualidade, durável e pesado evitando movimentos quando o cão estiver comendo. Para manuseá-la é preciso cuidado, pois se cair de extremidades com altura elevada pode ocorrer de quebrar;
  • Metal:  É inquebrável, e por isso possui uma durabilidade maior que as outras, é fácil empacotá-la para viagens e possui um preço de médio valor;
  • Plástico: Esse modelo é ideal para filhotes muito pequenos. É bastante leve e poder ser confundida com brinquedo, o que compromete o seu tempo de uso. Além disso, se o dono permitir que o cão brinque e mastigue esse item, pode acarretar em alguns problemas intestinais no pet.

Comida

Falando em comida, esse é um dos principais itens que deve ser estudado entre os especialistas da saúde canina. Pergunte aos vendedores ou as pessoas que promovem a adoção o que o cão costumava comer. A partir disso, descubra qual a melhor ração que deve ser oferecida ao pet. E lembrem-se que só esse tipo de alimentação possui todos os nutrientes que o corpo do cachorro precisa.

Jornais

Para os novos tutores uma dica: leia bastante! Ou pelo menos compre jornal. Para quem está prestes a receber um cãozinho em casa é necessário ter um estoque de jornal grande, pois ele será o seu aliado no adestramento do cão com relação as necessidades fisiológicas dele. Ensinando e encorajando o filhote a entender que o banheiro é uma atividade externa.

Coleiras e guias

Esses são outros acessórios que se perdem muito rápido, pois dependendo do tamanho que o cão venha a ter quando crescido, esses itens podem ficar pequenos para o corpo do pet. Para evitar gastos desnecessários, opte por coleiras e guias ajustáveis, ou então peça emprestado a alguém que já teve filhote. É importante que o dono lembre: o cãozinho tem que passar um período dentro de casa, pois ainda está vulnerável às doenças, sendo assim, certifique-se com o veterinário quando será possível passear com o pet e aí sim, você compra a coleira e o guia.

Peitorais ou casinhas

Tanto o peitoral, quanto a casinha são úteis e necessários para um passeio seguro dentro do carro. Sempre utilize uma dessas alternativas no seu cachorro toda vez que for sair de automóvel, mesmo que seja em períodos curtos e mais ainda em viagens.

Roupas de cachorro

Alguns cães tendem a sentir mais frios do que outros, isso devido a pelagem mais curta, o focinho mais achatado e até por ser mais magrinho. Nesses casos, o uso de roupinhas é uma opção para esquentar o cachorros nos períodos de temperaturas mais baixas. Porém, é preciso consciência na hora de escolher a melhor roupinha para o pet, pensando sempre no bem estar e na saúde do cãozinho.


Reportar erro