Dicas para seu cão não ser odiado pelos vizinhos

Saiba como evitar problemas entre seu cachorro e a vizinhança; confira!


Pode ser um tanto “complicado” entender, mas existem pessoas que não gostam e não se dão bem com cachorros. De todo modo, é um direito de qualquer um gostar ou não desses animais. Afinal, as pessoas não são obrigadas a gostar do seu amigão, mas sim a respeitar os animais e não maltratá-los de forma alguma.

Uma das causas mais comuns das desavenças entre vizinhos, são os pets, mas antes de culpar somente ao vizinho, pense que a culpa também pode ser sua. Algumas pessoas, é claro, vão se incomodar mesmo que seu pet não faça nada, mas algumas dicas podem ser fundamentais para evitar que os vizinhos odeiem seu cão. Confira.

Passeios: recolha as fezes

Ok, é uma dica bastante simples, mas fundamental e que, por incrível que pareça, muita gente por aí se esquece. Se quer ser respeitado, lembre-se sempre de respeitar antes de mais nada, certo? Quando seu cãozinho fizer cocô na rua ou na calçada, com auxílio de um saquinho ou sacola, recolha. Isso vai garantir menos confusão, certo?

Dicas para seu cão não ser odiado pelos vizinhos

Foto: Pixabay

Comunicação: evite latidos excessivos

O latido é a forma de comunicação dos cães, mas convenhamos que ninguém gosta de muito barulho. Se o seu cão late o dia inteiro sem parar, algo está errado. Se ele late quando você sai de casa, pode ser que ele sofra de ansiedade da separação, mas isso tem solução. Outra coisa que pode ajudar os cães a latirem menos é gastar suas energias: brinque e leve o seu cão para passear mais, mesmo que já faça isso diariamente. A necessidade dele pode ser maior do que o que você tem oferecido.

Passeios: use a coleira

Muitas pessoas ainda soltam os cachorros para dar uma “voltinha” ou ainda para fazer as necessidades na rua. Isso não é legal, pois não sabemos como o cão vai agir diante de estranhos ou de pessoas diferentes e até mesmo outros animais. Ele pode se sentir acuado e ter reações imprevisíveis. Portanto, mesmo que seu cão seja comportado no sentido de não fugir ao passear sem coleira, não o faça, pois isso além de ameaçar a segurança dos outros e causar desconforto, traz riscos ao pet, que pode se assustar com algo e correr para a rua, por exemplo.

Regras de condomínios

Se você mora em um prédio ou condomínio de casas e este apresenta regras em torno da presença dos nossos amigos caninos, é preciso respeitar. Não importa o quão injusto você acha ter que carregar o seu cão no colo até a rua ou ainda que deva usar o elevador de serviço para sair com ele. Se a regra é essa, você deve seguir para maior comodidade sua, dos outros moradores e até do seu cão.


Reportar erro