Descubra como fazer o desmame de filhotes de forma correta

Nos primeiros 35 dias de vida de um filhote, ele desenvolve os dentes. Essa transformação física causa incômodo na cadela, que aos poucos realiza o desmame


O processo de desmame é um período delicado para a mãe e para os filhotes. É nessa fase da vida que os cães vão passar por transformações físicas e nutricionais, que necessitam de uma atenção especial do tutor para garantir uma passagem de ciclo de forma mais natural possível para todos os envolvidos.

Desta forma, se faz preciso entender qual o tempo certo para afastar os filhotes da cadela, quais os alimentos que podem ser administrados a eles e quais os cuidados que a mamãe canina vai precisar ter após o desmame. Ter as respostas para esses levantamentos vai servir para deixar os animais saudáveis e garantir um desenvolvimento apropriado para os peludinhos.

Recém nascidos são apenas da mamãe canina

A natureza se encarrega de cuidar do nascimento do filhote da maneira mais adequada possível. Algumas vezes, o parto é trabalhoso e requer auxílio veterinário. Todavia, na maioria das vezes, as mamães caninas sabem o que precisam fazer para manter suas crias protegidas. O que o tutor deve fazer é reservar um local quente, aconchegante e seguro para que a cadela possa fazer um parto sem complicações.

Após o nascimento, a mamãe saberá como deve proceder na limpeza dos filhotes. Manusear os peludinhos desnecessariamente não é aconselhável, isso porque as cadelas preferem que sua cria tenha um cheiro característico. Além disso, algumas fêmeas podem ficar com um comportamento agressivo, uma forma natural de manter seus filhos seguros. Ao nascerem saberão onde encontrar o leite materno, sem precisar de auxílio.

Descubra como fazer o desmame de filhotes de forma correta

Foto: Reprodução/ internet

Fase dos desmame

Entre 21 a 35 dias de vida, os filhotes começam a desenvolver os dentes e, junto a essa transformação física, vem também a necessidade de explorar outros ambientes. Essa fase desperta a curiosidade dos peludinhos para a ração que é oferecida a mãe, e, com a dentição em formação, as cadelas sentem desconforto ao amamentar. Ou seja, tudo ocorre de forma natural em ambas as partes.

Assim, esse momento é o ideal para oferecer outros alimentos aos filhotes. É a fase de transição entre uma alimentação líquida para refeições mais sólidas. Vale ressaltar a importância de uma ração apropriada para os pequenos, uma que seja possível os nutrir. Existe no mercado uma gama de opções que vão desde refeições pastosas, até grãos mais sólidos. Peça orientação do veterinário de sua confiança e veja qual a melhor escolha para alimentar e garantir um crescimento saudável dos cãezinhos.

Informações adicionais importantes

  • O responsável pela cadela e sua cria não deve desmamar todos os filhotes de uma só vez. Isso pode interferir na saúde da cadela, uma vez que o leite de suas mamas precisam de um tempo único para cessar. É preciso, portanto, fazer esse processo aos poucos e assim evitar inflamações na mamãe canina;
  • Não é recomendado oferecer leite de vaca aos filhotes, nem puro e muito menos diluído em água. Assim como no caso dos seres humanos, que precisam apenas do leite materno, ocorre com os cães que durante o primeiro mês de vida: só necessitam do leite de sua mãe. O de vaca não é aconselhável para os filhotes, pois lhes causam diarreia. Além disso, quando é misturado com água, não apresenta o valor nutricional que os peludinhos precisam;
  • Existem situações específicas que pede um desmame precoce, a exemplo de tratamentos cirúrgicos ou clínicos na fêmea, casos com ninhadas numerosas ou até mesmo pouca produção de leite. Em decorrência disso, se faz necessário intervenção com outros alimentos disponíveis no mercado. Mas que só podem ser colocados em prática após a orientação veterinária.


Reportar erro