Descubra a importância do banho de sol para cães

A exposição ao sol ajuda a prevenir algumas doenças, como o raquitismo


Você já deve ter ouvido falar que tomar sol é importante para o seu corpo, certo? Mas você sabia que o banho de sol é muito importante também para os cães?

Em sua maioria, os cachorros adoram ficar deitados no sol, mesmo que sejam os raios que entram em casa pela janela, por exemplo. De uma forma geral, o calor é bastante benéfico para a saúde dos pets. O calor proveniente do sol é, além de reconfortante em dias frios, importante para os pets por diversos motivos. Confira:

Vitaminas

A vitamina D é criada no corpo por meio da exposição aos raios solares, e é essencial, pois participa de forma direta no aproveitamento do fósforo e do cálcio, consequentemente atuando no fortalecimento dos ossos e no crescimento, quando se trata de filhotes ou cães que sofreram lesões.

Descubra a importância do banho de sol para cães

Foto: Pixabay

Prevenção de doenças

A exposição ao sol ajuda ainda a prevenir algumas doenças, como o raquitismo. Segundo médicos veterinários especialistas, a doença pode ser prevenida com exposições breves, que giram em torno de 30 minutos diários. Isso pode ser feito parado, quando o cão mesmo deita ao sol ou durante o passeio.

Outros benefícios

O banho de sol é também uma forma de o cão eliminar bactérias, ácaros, fungos e até mesmo pulgas e carrapatos de seu corpo.

Riscos

A exposição ao sol, no entanto, assim como para os humanos, pode trazer riscos à saúde. Os raios ultravioletas podem causar queimaduras e o desenvolvimento do cancro de pele. A dermatite solar é uma das consequências da exposição excessiva ao sol, ou exposição em horários inadequados. Como o nome mesmo sugere, trata-se de uma lesão causada na pele por meio da exposição solar direta, e pode variar em grau e evolução que dependem de diversos fatores.

Os cães que têm pelos claros ou brancos, ou aqueles que são mais magros, devem receber atenção especial. Assim como para nós, é preciso seguir algumas recomendações antes de expor os cães ao sol.

Cuidados

É preciso estar atento ao horário, principalmente: evite os horários entre 10h e 16h, não apenas no verão, mas também no inverno. Isso porque nesse horário a intensidade do sol é maior.

Em locais de muito calor, ou durante os meses mais quentes do ano, é válido ainda utilizar protetores solares para proteção dos animais, lembrando que trata-se de produtos específicos para uso veterinário, não devendo ser usado o protetor para pessoas.

Recomenda-se ainda que em dias de calor, você teste o solo com a mão ou pés para checar se não está excessivamente quente para o pet caminhar, pois as “almofadinhas” que eles têm nas patas podem ficar machucadas em dias muito quentes. Fique atento à alimentação e hidratação do cão, sempre deixando água fresca para ele. Alguns recomendam ainda que os tutores coloquem pedrinhas de gelo na água nos dias de muito calor, mantendo a água mais fresca e gerando entretenimento.


Reportar erro