Cuidados com a pata do cachorro

Cortar sempre as unhas e secar as patinhas após o banho são cuidados básicos


Os cães vivem andando, correndo e pulando por aí e, muitas vezes, os seus donos acabam se esquecendo dos cuidados necessários com uma parte muito importante do bichinho: as patinhas. Esta parte do corpo do animal merece cuidados especiais para impedir o surgimento de posteriores complicações. Evitar que os cães caminhem sobre pisos muito quentes, cortar as unhas com frequência e secar bem depois do banho são alguns dos cuidados necessários com as patinhas.

Principais cuidados com as patas

Tosa higiênica

A tosa é muito importante para manter a higiene e também a saúde das patas dos cães, já que pelos e unhas grandes podem incomodar os animais e podem ser os responsáveis por acidentes como quedas. Quando notar que as unhas e os pelos do seu pet estão muito compridos, não hesite em levá-lo para fazer uma tosa higiênica em algum estabelecimento de confiança.

Cuidados no verão

Nos dias mais quentes, é necessário ter muita atenção e cuidado com as patas dos cães ao realizar os passeios na rua. Os coxins, localizados na parte da sola das patinhas caninas, são frágeis e não devem ser expostos ao calor de qualquer maneira, pois em contato com o chão quente podem sofrer queimaduras sérias e formar bolhas. Quando for passear com o seu animalzinho em um dia quente, escolha horários em que clima esteja mais ameno ou em locais com sombra. Para testar a temperatura, coloque a palma da mão no chão quente por 35 segundos e, caso aguente a temperatura durante este tempo, o seu cãozinho pode passear no chão sem problemas.

Cuidados com a pata do cachorro

Foto: Reprodução

Doenças nas patinhas do cão

O fato de o cão lamber constantemente as suas patas pode indicar que há algo errado. Existe uma série de doenças que podem afetar a região, como as seguintes:

  • Alergias, causadas por mofo, pólen, bolor e outros fatores ambientes;
  • Problemas hormonais, como desequilíbrio na tireoide, que podem causar infecções na pele do cão;
  • Fatores psicológicos como ansiedade e estresse podem fazer com que o cachorro comece a lamber e morder a região das patas;
  • Parasitas como ácaros, pulgas, carrapatos e outros são uma das causas mais comuns para os cães coçarem e morderem as patinhas.

Caso note algum destes sintomas, é aconselhável levar o seu bichinho a uma clínica veterinária.


Reportar erro