Como separar uma briga de cachorros?

Não sabe como reagir em meio a uma briga de cães? Descubra quais são as melhores formas de separar uma briga de cachorros


Quem tem mais de um cão em casa possivelmente já presenciou uma briga entre eles. Isso, na verdade, é algo comum, pois mesmo em matilha os cães brigam constantemente pela liderança. Isso, no entanto, pode ser perigoso para os pets, que devem viver em harmonia dentro de casa. Mas, como então separar uma briga entre cachorros?

O que fazer em uma briga de cães?

O primeiro passo é, certamente, manter a calma. Você precisa estar calmo, pois caso contrário a situação somente se agravará. Intervir pode ser perigoso para você, e por isso é preciso saber como fazer isso.

Imagine a situação: você está na rua passeando com seu cão e um cachorro da rua o ataca. Você fará de tudo para salvá-lo, não é mesmo? Isso pode fazer com que ele acabe saindo mais machucado, se não for feito da forma correta.

Nas brigas de verdade, entretanto, é bem provável que não haja barulho de latidos, mas somente gritos em caso de dor. O agressor normalmente fica tranquilo, e somente a vítima grita.

Como separar uma briga de cachorros?

Foto: Reprodução/ internet

Uma das formas mais seguras de separar uma briga é por meio de um som bastante agudo que chame a atenção deles, como um apito, por exemplo. Mas se você não tiver um objeto do tipo por perto, ou ficar apavorado demais para sair procurando por um, pegue um balde ou até mesmo a travessa de água do cão, e jogue neles. A mangueira também é uma ótima opção.

Se a briga, entretanto, acontecer dentro de casa, jogue uma manta sobre eles, que ficarão perdidos e interromperão a briga. Já intervir fisicamente é uma péssima ideia, pois o corpo exposto aos pets pode te causar ferimentos graves e até mesmo mortais. Se ainda assim for tentar dessa forma, opte pelo rabo, e não colocando a mão entre os envolvidos, certo?

Depois da briga

Após a briga, continue tentando manter a calma e, se possível, afaste o cão que está mais calmo ou assustado, pois ele será o que não vai te agredir. Leve-o para dentro de casa ou para um lugar seguro e então verifique se tem algum ferimento.

Caso ele tenha algum machucado e esteja perdendo sangue, faça um curativo e leve-o o mais rápido possível ao veterinário. O atendimento deve ser imediato para que seja tratado tanto quanto precisar. Se você, durante o processo, levar uma mordida, deve ir ao médico também. Caso o cão seja de rua, você, possivelmente, deverá tomar uma vacina contra a raiva.

Para futuras situações, para evitar brigas nas ruas, leve o seu cão para passear com coleira e correia, tendo mais controle sobre ele. Em casa, se as brigas são frequentes, procure algumas dicas com o médico veterinário, ou ainda com um adestrador.


Reportar erro