Coleira com GPS para cachorro

As coleiras com GPS são ferramentas tecnológicas que eliminam o desespero de se perder o cachorrinho, pois enviam a localização do pet em tempo real.


Todos os dias é possível ver na televisão, colados nas ruas ou mesmo postados nas redes sociais apelos desesperados de donos que perderam seu pet. Por mais que o cuidado seja intenso, o seu bichinho de estimação pode escapar, e achá-lo pode se tornar uma tarefa muito difícil. Os motivos para essa fuga são os mais diversos, como uma distração do cachorrinho que acabou correndo atrás de algo que o fascinou ou o medo de fogos de artifício. Não importa como o fato se deu, o problema de reencontrar é o mesmo.

Para tanto, a tecnologia nos presenteia novamente. Diferentemente dos microchips, que nada mais são do que um “cartão de identidade” do cachorro, em que constam informações como nome, idade e número de vacinações, surgiram agora as coleiras com GPS (global positioning system – “sistema de posicionamento global”). Essas permitem rastrear o seu cãozinho em tempo real.

Como funciona?

O sistema de GPS incluso nas coleiras permite que o dono delimite toda uma área (como casa, quintal e arredores) para a movimentação do pet. No momento que ele transpassar esses locais, o aparelho começa a emitir um sinal, alguns via wireless, com a localização exata do animal, através de e-mails ou mensagens de texto. Algumas coleiras vêm com aplicativos para serem baixados para iOS (sistema operacional da Apple) ou para Android.

Coleira com GPS para cachorro

Foto: Reprodução/ Pettracker

É bastante útil para reencontrar em caso de fuga, mas também pode ser usada para viagens aéreas. Esse tipo de coleira vai, por exemplo, evitar que seu cachorro pare em um voo errado. São muito precisas. Elas utilizam a mesma tecnologia de rastreamento que é comum em carros e celulares, ou seja, utiliza satélites para localização.

Onde comprar?

O preço ainda é um pouco elevado. Por ser uma tecnologia nova, o valor dessas coleiras pode variar de R$400 a até R$ 1.200. Muitas opções ainda não estão disponíveis no Brasil e precisam ser importadas. Mas há sites na internet que já disponibilizam coleiras com GPS por uma média de R$ 250.

Três dos melhores modelos de coleira GPS são:

  • Tagg – The pet Tracker: possui sistema wireless e aplicativos para Android e iOS. Caso você esteja sem conexão, esse aparelho ainda permite que cinco contatos recebam a informação. É extremamente resistente, e funciona até com contato com água. No entanto, o sistema só está disponível nos Estados Unidos. Custa em torno de US$ 100, mas pode sofrer alterações devido aos impostos de importação e flutuações alfandegárias.
  • SpotLite: é um sistema que funciona de forma bem parecida com a Tagg. No entanto, possui um extra: um botão de resgate que permite que alguém o acione assim que encontrar seu pet, enviando uma mensagem pro dono com o paradeiro do cachorrinho. Infelizmente, nem o sistema nem a coleiras estão disponíveis para além da América do Norte. Mas a empresa responsável já afirmou que pretende expandir o serviço para a Europa e América do Sul.
  • The Pet Locator: está disponível no Brasil, mas a compra deve ser realizada pela internet, no site do fabricante. Funciona bem até em áreas de sinal mais fraco, pois além de GPS, trabalha com sistema GSM. Custa €$ 299, cerca de R$ 800.


Reportar erro