Casaquinhos para cães no inverno

Cães também sentem frio! Saiba mais sobre casaquinhos e outras medidas de proteção para o inverno


As baixas temperaturas da estação mais fria do ano, o inverno, obrigam as pessoas a tirarem as roupas mais pesadas e quentinhas de dentro do armário. Assim como acontece conosco, os cachorros também sentem frio e ficam mais vulneráveis a algumas doenças nesta estação. Algumas raças estão mais adaptadas ao frio do que outras, mas todos os pets necessitam dos cuidados extras que o período de outono/inverno exige.

Primeiramente, os donos devem impedir que os animais de estimação fiquem expostos ao frio, o que ajuda a evitar o surgimento de doenças. Embora os cães tenham um casaquinho natural, eles ainda assim sentem frio e necessitam de mais cuidados e proteção nos dias mais gelados.

Casaquinhos e roupinhas para cães

O uso de roupinhas para cães vai muito além de um simples capricho dos donos, pois elas realmente ajudam no aquecimento dos pets. Principalmente os cães magrelinhos, idosos ou de pelo curto precisam de uma ajuda para se esquentar.

Nos dias atuais, as lojas especializadas no mundo animal oferecem diversos modelos fabricados em lã, soft, moletom e algodão.

Casaquinhos para cães no inverno

Foto: Reprodução

Alguns animais não se adaptam às roupas confeccionadas em lã ou tecidos sintéticos, desenvolvendo coceiras ou manchas vermelhas espalhadas pelo corpo. Nestes casos, é recomendando trocar a roupinha por uma de outro material, como algodão ou soft, pois causam menos irritação. Na hora de comprar a roupinha para o cão, também é importante escolher um modelo de roupa folgado.

No mercado especializado também podemos encontrar o casaco impermeável para cães, que é perfeito para os dias mais frios do outono e inverno. Além de encaixar perfeitamente no corpo do cãozinho, esta peça é ótima para aqueles momentos em que o animal dá uma escapada para o quintal quando está chovendo.

Outras medidas para proteger os cães no inverno

Abrigo para cães

A exposição ao frio é muito prejudicial ao cão, então o dono deve providenciar uma casinha para o animal de estimação, principalmente se ele dormir fora de casa, no quintal. As casinhas podem ser de madeira, plástico ou papel reciclado ou como a criatividade do dono permitir. Elas devem ser instaladas em locais cobertos e de maneira oposta às correntes de ar.

Uma caminha, com colchonetes ou aquele cobertor que o dono usa não mais, também é uma boa opção para aumentar o aconchego e proteção dos cães.

Banhos

Nos dias mais frios, o pelo demora mais para secar e permanecer com o ele molhado pode baixar a imunidade do cachorro, principalmente daqueles bem novos ou mais velhos. Por este motivo, a quantidade de banhos deve ser moderada. Quando o cheiro ficar muito forte, o cãozinho deve ser lavado com água morna e secado com cuidado com o auxílio de um secador de cabelos morno. Para evitar o choque térmico, recomenda-se deixar o cachorro no local do banho por 20 minutos, contados após a sua retirada da água.

Outra recomendação é que os banhos devem ser realizados no horário mais quente do dia, das 11h às 15h.

Alimentação

Você já percebeu que, no inverno, temos a sensação de sentir mais fome? Lembre-se disso na hora de alimentar o seu cãozinho, pois o apetite dos animais também aumenta na estação, porque o gasto energético do metabolismo é maior para manter a temperatura do corpo. Por isto, o ideal é aumentar a porção de alimentos, mas sem exageros e apenas se o cão estiver em forma, pois a obesidade pode causar problemas de saúde ao animalzinho.

Galeria de fotos


Reportar erro