Cachorro bebendo urina: o que fazer?

Infecção no trato urinário é um dos motivos mais frequentes para esse comportamento


Além da coprofagia, outro problema comum entre os pets é o consumo de urina. Eles podem simplesmente estar querendo conhecer uma coisa diferente, e não foge muito do normal quando é feito em pequenas quantidades.

A urina é usada pelos cães como uma forma de demarcação de território, e isso tem um papel bastante importante na socialização dos cachorros. Por meio da urina, os cães alfas mandam recados aos outros, assim como as fêmeas que estão no cio liberam seus feromônios, que revelam aos outros cães que elas estão no período fértil.

Cachorro bebendo urina: o que fazer?

Foto: Reprodução/ internet

O problema em beber urina

O problema está quando isso vira um hábito do cão. É bastante importante que, ao começar a apresentar esse comportamento repetidamente, o cão seja examinado por um veterinário, e se ele conviver com um ou mais cachorros, todos deverão ser examinados.

Um dos principais motivos para esse comportamento, é quando um dos cachorros tem algum tipo de infecção no trato urinário, ou ainda diabetes, que deixaria a urina mais adocicada, atraindo a atenção dos outros cães.

Assim como a coprofagia, o consumo de urina pode indicar também um problema comportamental, principalmente por cães que são mantidos em espaços bastante pequenos ou ainda sem contato com outros cães. Quando entediados, podem desenvolver esse comportamento, que pode ser mantido por toda a fase adulta.

Como acabar com o problema?

O ideal é fazer o adestramento com ajuda de um profissional, mas outra recomendação que pode ser bastante útil, sem levar em consideração a causa do comportamento, é limpar a área usada pelos cães para urinar com um desinfetante bastante potente, que acabará eliminando qualquer odor. Isso vai ajudar, inclusive, a controlar o local em que o cão faz xixi e cocô, mudando hábitos.

A solução mais interessante para aqueles que já investigaram e sabem que não se trata de alguma doença, é fazer o adestramento do cão com bastante paciência e dedicação. Ensine coisas bastante básicas, e vá avançando. Lembre-se sempre de pedir auxílio ao médico veterinário quando precisar de ajuda em qualquer assunto relacionado ao seu cão.


Reportar erro