Aprenda como tratar danos nas unhas dos cães

Raramente esses casos precisam de auxílio médico, pois como são problemas mais simples podem ser assistidos em casa. Descubra o que pode ser feito


Tutores vaidosos costumam passar a vaidade também para seus animais de estimação. Tosas diferentes, gravatinhas ou lacinhos, unhas cortadas e pintadas são alguns exemplos dos mimos que os donos dos pets fazem. Porém, nem sempre esses cuidados podem ser tidos como vaidade. Isso porque, o corte das unhas, por exemplo, se faz necessário em todos os cães não só por beleza, mas pela saúde e bem-estar dos peludos.

Existem nervos e vasos sanguíneos nos dedos dos cães, quando há um corte errado ou qualquer outro dano que venha partir a unha dos animais pode sair bastante sangue e a dor pode ser forte para os peludos. Então, lembre-se: se o pet não é ativo e por isso não consegue gastar as próprias unhas através de fricção, é necessário fazer a manutenção delas.

O que fazer em caso de danos nas unhas?

Raramente esses casos precisam de auxílio médico, pois como são problemas mais simples podem ser assistidos em casa. Primeiramente, é preciso imobilizar o animal, uma vez que quando a unha se parte o peludo sente muita dor e pode não querer deixar você mexer no local. Consiga alguém para ajudar na imobilização, enquanto você faz o pronto atendimento.

Em alguns casos, a unha pode ficar pendurada e você terá que remover o que sobrou. Para isso, utilize um cortador de unhas específico para animais. Mergulhe o objeto no álcool e segure bem a pata do cãozinho, com firmeza e rapidez retire a unha danificada. Caso haja sangramento, use um pó para controlá-lo. Talco, farinha ou bicarbonato de sódio podem ser úteis nesses casos. Pulverize o local e só retire quando o sangue parar, processo que leva cerca de um minuto.

Aprenda como tratar danos nas unhas dos cães

Foto: Reprodução/ CPT

Só será possível lavar a pata do cãozinho, após o fim do sangramento. Lave a região com sabão antisséptico suave e água. Depois, seque bem e aplique um curativo. Deixe-o por várias horas e só retire quando for fazer uma nova limpeza na área.

Importante

Caso você não sinta confiança em realizar esses procedimentos, busque auxílio com o veterinário de sua confiança. Além de tratar o machucado, o médico poderá receitar algum antibiótico oral que seja capaz de evitar infecções nas unhas danificadas, uma vez que elas são uma porta aberta para bactérias do solo adentrarem no organismo do peludo.

Outra importante dica é não deixar que o cachorro tente lamber o próprio ferimento. Isso pode atrasar o processo de cura da unha. Para isso, você pode usar um colar elisabetano ou fazer curativos mais de uma vez por dia.


Reportar erro