Socialização entre cães

Entenda a importância e benefícios desse processo desde a infância do seu pet


A educação de um cão é um passo extremamente importante para que ele se torne pacífico e comportado diante de visitas e outros animais. É essencial que cães passem por um processo de socialização e interação, entrando em contato com ambientes externos ao de sua residência. Isso envolve a sua convivência em sociedade, como se fossem as nossas saídas habituais.

Problemas gerados pela falta de socialização

Você sabia que grande parte dos problemas de educação dos cães está diretamente relacionado à falta de socialização? Exatamente: tudo pode ser resolvido apenas pelo convívio em sociedade por parte dos cães.

Socialização entre cães

Foto: Reprodução

A agressividade, brincadeiras com mordidas fortes, destruição de objetos dentro de casa, latidos excessivos, pulos em visitas, entre muitos outros problemas podem ser facilmente evitados com a socialização dos cães

Mas o que é a socialização? Assim como nós temos o nosso processo de socialização durante a infância e toda a vida, os animais também devem ter, principalmente durante o desenvolvimento na fase de filhote. Nesse período, ele deve ser preparado para conviver em grupos de pessoas ou outros animais de forma equilibrada, segura e educada.

Dicas de socialização

Normalmente quando pegamos um cão ele tem em torno de dois meses. Apesar de não poder passear durante este período por ainda não ter todas as vacinas, você poderá andar com ele de carro ou em seu colo de forma que tenha contato com cheiros, sons e outras situações diferentes do ambiente fechado de casa. Procure convidar diversos tipos de pessoas para ir até sua casa: de todas as idades, estilos – calmas e agitadas –, com capacetes, bonés, bengalas, barba entre outras características diferentes. Com isso, o filhote entrará em contato com todos os tipos de pessoas diferentes, não estranhando as suas visitas futuras.

Lembre-se sempre de fazer qualquer apresentação de forma positiva, agradável e ensine seu cão a ser tocado em todo o seu corpo de forma pacífica.

Quando o cão estiver com todas as vacinas, abuse dos passeios e brincadeiras e procure inscrever-se junto com ele em aulas de educação canina e outros. Os passeios devem ser frequentes e sempre em tom educativo para que ele saiba o que pode ou não fazer em determinado ambiente.

Durante os passeios, deixe que entre em contato com outros cães, desde que os outros donos também permitam. Cheirar e brincar com outros cães em outros ambientes é essencial para que o cão não veja outros animais como ameaças, mas sim como companheiros.

Socialização em fase adulta

Se você perdeu a fase de socializar o seu cão, ou então o adotou já adulto, não se preocupe. Apesar de ser mais difícil, é totalmente possível alcançar melhorias no comportamento do cão.

Algumas dicas para quem vai passar por este processo podem ser dadas. Procure levar seu cão até um parque onde cães normalmente vão, mas deixe-o apenas observar de longe os outros animais e seu comportamento. Caso algum outro cão se aproxime, lembre-se sempre de recompensar seu cachorro com um petisco, pois isso trará experiências positivas associadas à outros animais. Caso ele aja agressivamente, afaste-se e movimente-se com ele de forma lenta até que ele finalmente se acalme.

Nesse caso, no entanto, é essencial que você procure orientação profissional para fazer tudo da melhor forma possível evitando estresse para você e para seu cão.


Reportar erro