Saiba o que pode estar acontecendo quando o cão morde o próprio rabo

Morder o próprio rabo pode ser um hábito natural dos cães, mas também pode indicar problemas de saúde. Saiba por que os cães apresentam este comportamento


Os cães apresentam alguns comportamentos típicos, dentre os quais está o ato de rodar e morder o próprio rabo. Mas, por que isto acontece? De acordo com pesquisadores, o ato de correr atrás e de morder o próprio rabo é um hábito natural dos cães, indicando que eles estão se divertindo.

Este comportamento também pode estar associado ao desejo de chamar a atenção do tutor, no entanto, caso o comportamento se estenda por um longo tempo ou se torne uma rotina diária, pode indicar algum problema mais sério com o animal.

Por que o cão morde o próprio rabo?

Morder o próprio rabo pode ser uma reação natural no caso de cachorros que vivem sozinhos, pois eles inventam as suas próprias manias e brincadeiras. Mas, se o tutor perceber que o comportamento está excessivamente repetido, a causa pode ser orgânica (como parasitoses, neuromas) ou psicológicas, ou ambas associadas.

Algumas parasitoses causadas por pulgas e/ou vermes levam o cachorro a se comportar desta maneira, em decorrência da intensa coceira causada pela presença dos parasitas.

Se o cão estiver com pulgas, ele morderá as costas, na base ou inserção da cauda; já os vermes podem levar o animal a arrastar o bumbum no chão, com o intuito de eliminar a coceira.

Saiba o que pode estar acontecendo quando o cão morde o próprio rabo

Foto: Reprodução/ internet

Os cachorros também podem apresentar o comportamento de morder o próprio rabo quando estão em situações de muito estresse. Ao observar que o cão morde o próprio rabo excessivamente, o tutor deve consultar um médico veterinário o mais breve possível. Você pode observar alguns sinais para auxiliar no diagnóstico do veterinário:

Problemas na pele

Antes de levar o seu amigo canino ao veterinário, verifique como está a pele dele na região que ele insiste em morder. Sinais como umidade excessiva (causada pela lambedura constante da pele), ausência de pelos, presença de crostas, pulgas ou de suas fezes indicam que a causa seja esta.

Consulte um veterinário para saber qual é o melhor tratamento para eliminar as pulgas e a sensação de coceira que faz com que o cachorro morda o rabo constantemente.

O quadro pode se agravar ainda mais em casos de animais com algum grau de alergia.

Neuromas

Os cães que tiveram o rabo cortado, como na raça dobermann pinscher, pode querer morder o rabo por apresentar neuromas, que são fibras nervosas que se formam sobre o tecido da cicatriz e provocam muita dor. Neste caso, o comportamento de morder o próprio rabo seria uma maneira de aliviar a dor.

A solução pode ser a remoção cirúrgica dos neuromas.

Comportamentos compulsivos

Morder o próprio rabo pode ser um comportamento compulsivo de cães que envelhecem, estão estressados, deprimidos ou ansiosos.

O que fazer para o cão parar de morder o próprio rabo?

Nunca fique bravo com o seu cãozinho quando ele apresentar este comportamento. Chame a atenção de maneira altiva, porém carinhosa, e depois siga as instruções dadas pelo médico veterinário.

Uma boa dica é oferecer ao seu amigo canino um brinquedo para que ele se distraia, além da boa alimentação e exercícios físicos. Nos casos mais graves de dermatites e nos distúrbios psicológicos, o veterinário pode receitar o uso de fármacos denominados neurolépticos.

Se observar este comportamento no seu cãozinho, leve-o ao veterinário imediatamente para que a causa seja descoberta e tratada.


Reportar erro