Qual é a melhor fase para adestrar o cachorro?

Saiba qual é a melhor fase para adestrar um cachorro, com dicas de adestramento e os principais benefícios para a vida do cão em sociedade.


A melhor fase para adestrar um cachorro é desde sempre, isto é, desde pequeno, tornando o adestramento de forma gradativa, onde o próprio dono pode fazer isso, começando por situações mais simples, até atingir a maturidade.

O cachorro desde pequeno absorve informações de modo fácil e rápido, por isso não espere o cão crescer para ensina-lo a ter bom comportamento. Dê preferência para adestrar o seu cachorro com um profissional a partir do momento em que o cão já estiver com todas as vacinas tomadas, sendo liberado então para sair à rua com segurança, pelo seu adestrador.

Qual é a melhor fase para adestrar o cachorro?

Foto: Reprodução

Ração e petiscos como forma de incentivo

Os filhotes são cachorros gulosos, o que pode facilitar na hora de ensinar o seu cão boas maneiras, como por exemplo, ensinando o cachorro a fazer suas necessidades fisiológicas na grama ou jornal, sempre que o cachorro obter com sucesso estas atividades é possível o presentear com bolinhas de ração, caso não seja suficiente, alguns petiscos serão infalíveis, porém tome cuidado para não prejudicar a rotina de alimentação do cachorro, dando muitos petiscos fora de hora.

Falta de coordenação motora e adestramento

A falta de coordenação motora do filhote ajuda em seu adestramento, em especial em comandos básicos como o “senta” ou o “deita”, isso porque, o filhote com pouco controle de seu físico tende a sentar sempre que colocarmos algum petisco acima de sua cabeça, o cão com dificuldades de “dar ré” olhando para cima tende a sentar, e com isso o dono deve recompensa-lo.

Esta sequência de movimentos deve ser presenteada com um petisco, fazendo com que o cão associe a movimentação realizada ao ganho futuro de algum alimento saboroso, ou até mesmo um grande carinho. Este treinamento também facilita no treinamento de fazer o cachorro se deitar.

Filhotes desde pequeno sabem “dar a pata”

O filhote possui o instinto de associar o “dar a pata” por algo em troca, no caso o filhote precisa apertar com as patas as tetas da mãe para vir maior quantidade de leite, quando o cão associa este comportamento a um comando de seu dono e ainda é recompensado, em geral perde-se poucos minutos para ensinar um filhote, já com um cão adulto, o mesmo ensinamento pode levar horas.

Benefícios do adestramento em filhotes

O adestramento que se inicia desde muito cedo possui vários benefícios, entre eles podemos citar que fica mais fácil ao cachorro aceitar a liderança total de seu dono, isto é, fazendo o cachorro respeitar e entender os seus próprios limites, cães muito dominantes na vida adulta, muitas vezes não tiveram uma boa educação. Mostre firmeza nos limites impostos e recompense o cão sempre que se mostrar obediência aos comandos.

Com o adestramento fica mais fácil conter uma futura ou eventual agressividade do cão, afinal o animal deverá mostrar obediência ao seu dono, outro ponto importante é manter uma ligação maior entre o dono e o cachorro, um cão educado que sabe obedecer, participa muito mais da convivência entre humanos, tornando a qualidade de vida dos cães melhor e com mais contato com humanos.


Reportar erro