Por que os cachorros fogem tanto de casa?

Quem tem um cachorro em casa sabe que ele é amigo e ama o seu dono, então, por que ele fugiria? Conheça os motivos pelos quais os cães fogem de casa


Quem tem um cachorro em casa sabe que ele é um grande amigo e ama o seu dono, então, por que ele fugiria? Os cães não são seres rancorosos e fogem de casa por motivos instintivos, sem saber que, ao tomar tal atitude, poderão enfrentar muitas dificuldades e que a família talvez nunca o encontre novamente.

Quando um cãozinho foge de casa desperta as piores imaginações e causa uma grande dor no tutor, que fica sem entender o motivo que levou o seu bichinho de estimação a ter esta atitude. Neste artigo, conheça os motivos de fuga mais comuns entre os cães.

Principais motivos pelos quais os cães fogem

Por que os cachorros fogem de casa?

Foto: Pixabay

Os tutores raramente entendem por que os seus melhores amigos caninos abandonariam o seu lar, com carinho, comida, segurança, alimentação, proteção das mudanças climáticas e outros cuidados. Confira a seguir quais são os principais motivos pelos quais os cães dão aquela escapadinha de casa:

  • Cio – Neste período, as cadelas sentem o desejo de procriar e querem encontrar um par. Os machos, por sua vez, podem ter farejado alguma fêmea no cio passando perto de sua casa.
  • Instinto de caça – Algumas raças de cães têm o instinto de caça muito aguçado e podem fazer com que o cãozinho tenha ainda mais desejo de explorar o território.
  • Maus tratos – Os cachorros podem fugir devido a maus tratos que estejam sofrendo em casa.
  • Medos – O medo de fogos, rojões, trovões e outros ruídos pode fazer com que um cachorro fuja. A audição dos cães é muito mais sensível e o susto pode fazer com que eles queiram escapar de casa, com o objetivo de fugir de algo ameaçador que eles não sabem de onde vem.
  • Curiosidade – Os cães mais jovens são sociáveis e curiosos, portanto aproveitam toda chance de dar uma volta para conhecer os arredores.
  • Desorientação – Os cães idosos ou doentes tendem a ficar desorientados com maior frequência, o que pode fazer com que eles se percam.
  • Tédio – Os cães precisam gastar energia, caso contrário, eles ficarão ansiosos e poderão roer móveis e outros comportamentos indesejáveis. Pela energia acumulada e falta de atividade, o cão pode achar que sair de casa é uma boa opção para gastar a energia e sair do tédio.

Como evitar a fuga dos cães?

A principal dica é manter o ambiente agradável e interessante para os animais de estimação. Lembre-se de não deixá-lo fora de casa durante todo o dia ou ajudá-lo a sentir que o local é dele.

Treine o seu animal e sempre faça algo novo, como brinquedos ou petiscos, passando um tempo com ele diariamente.

Uma coleira com uma medalha de identificação é um bom acessório para ter em casa, pois ajudará a reencontrá-lo caso ele fuja. Nos dias de festa, deixe o seu amigo canino dentro de casa e observe o comportamento dele.


Reportar erro