Dicas para acalmar o seu cão durante a queima de fogos

O barulho de fogos e rojões causa muito medo nos cães devido à sensação de perigo que sentem. Saiba como acalmar o seu cão durante o Réveillon


A festa de Réveillon conta com uma atração que costuma agradar muitas pessoas: a queima de fogos de artifício. Enquanto este momento é um grande espetáculo para quem está festejando a entrada de um novo ano, para os animais de estimação pode ser uma hora de estresse e perigo, principalmente para aqueles que ficarem sozinhos em casa.

O barulho de fogos e rojões causa muito medo nos cães devido à sensação de perigo que sentem ao ouvir sons muito altos. Neste artigo, confira algumas dicas de como garantir a segurança do seu cachorro e evitar o sofrimento do animal.

Dicas para proteger o cão durante a queima de fogos

Os cães possuem a audição mais aguçada e ouvem os fogos de uma maneira mais ameaçadora, o que pode fazer com que saiam de casa e se machuquem na tentativa de se salvar. Dependendo do pânico do animal de estimação, ele pode quebrar portas e janelas. Diferentemente do que muitos pensam, o que incomoda não é o barulho que dói nos ouvidos dos animais, mas sim a sensação de perigo ao ouvir sons muito altos.

Dicas para acalmar o seu cão durante a queima de fogos

Foto: Pixabay

Para aumentar a segurança dos cachorros, uma das dicas é distrai-los com petiscos ou seus brinquedos favoritos. Eles devem permanecer em um local tranquilo em que ele também possa se esconder para se sentir mais seguro.

Caso o cão demonstre medo, o tutor deve manter uma postura que transmita uma sensação de segurança ao animal. De acordo com especialistas, não se deve abaixar na tentativa de acalmar e confortar o animal, pois, agindo assim, ele entenderá que o tutor também está com medo da situação.

Atenção para possíveis fugas do pet

As pessoas que têm cães em casa também devem tomar cuidado com as fugas, pois o animal assustado pode tentar escapar e, durante a tentativa, acabar se ferindo, correndo o risco de serem atropelados. Para evitar este tipo de situação, o tutor deve prestar atenção ao local onde o cãozinho poderá ficar escondido e a tudo que está ao seu redor. Além disso, recomenda-se manter o bichinho de estimação devidamente identificado com os dados do tutor. Caso ele fuja, alguém poderá encontrá-lo e entrar em contato.

Se os donos saírem na noite de Réveillon, o cão deve permanecer em um lugar seguro da casa, como o banheiro. Devido às características de construção e pela tubulação, o cômodo pode isolar melhor o barulho. Independente do local escolhido, o tutor pode levar a caminha do cachorro para lá, além de deixar água e uma porção de comida.

Em um momento de estresse como durante a queima de fogos de artifício, os cães podem brigar. Por isto, evite deixar os animais juntos. Para amenizar o barulho, outra dica é colocar algodão nos ouvidos do animal para reduzir o impacto do som.


Reportar erro