Controlando o medo de fogos de artifício

Saiba como controlar o medo de fogos de artifício de seu cão e deixe-o mais seguro para não se machucar nem fugir durante o barulho


Você já deve ter visto algum cão com medo de fogos de artifício, né? Chegam os dias de final de ano ou época de jogos e nossas redes sociais pipocam de publicações de cães perdidos que acabaram fugindo durante a barulheira. Entenda: a postura que você tem pode acabar, inclusive, piorando o medo dele. Você é o líder dele, e a função de protege-lo e transmitir segurança à ele é totalmente sua. Tendo isso em mente, vamos às dicas.

Por que meu cachorro tem medo de fogos de artifício?

É mais comum do que imaginamos os cães com medo de barulho, isso por serem totalmente capazes de ouvir o barulho a uma distância quatro vezes maior do que a que nós ouvimos. Eles sofrem muito com a ansiedade diante dos barulhos e é perigoso, além da fuga, que acabem se machucando ou sendo atropelados no meio da barulheira.

Como controlar?

É preciso realizar um treinamento para que ele perca o medo ao ouvir o barulho. Em petshops maiores você pode encontrar CD’s feitos especialmente para esse tipo de treinamento. O CD vem com sons de fogos de artifício, mas também pode encontrar na internet. Você deve ficar ao lado de seu pet e colocar o barulho em tons baixos e associá-los à petiscos e carinhos.

Faça a repetição desse exercício aumentando o som fazendo com que se habitue ao barulho. Isso o deixará mais tranquilo com a repetição, por isso seja paciente.

Controlando o medo de fogos de artifício

Foto: Reprodução

Algodão

Outra opção é colocar algodões nos ouvidos do pet. Isso pode ajudar, mas é preciso ter cuidado, pois as orelhas do cão são bastante delicadas e sensíveis. O tamanho deve ser médio, pois o pequeno pode entrar no ouvido do cão, e o grande pode cair o tempo inteiro. Procure, no entanto, ficar perto dele durante o momento dos fogos. Isso vai ajudar o pet a ter segurança durante o tempo em que passa mais medo.

Isolamento

Outra opção é encontrar um lugar seguro dentro da casa, amplo e sem objetos com os quais ele possa se ferir. Deixe o rádio ligado em volume baixo, alimento, ossos artificiais e vede bem as portas e janelas com cobertores.

Medicamentos

Você pode também optar, caso o cão já tenha demonstrado medo extremo anteriormente, por dar medicamentos que controlem a ansiedade. Mas antes de optar pelo medicamento, converse com um médico veterinário. Estes ajudam, pois cães que são bastante ansiosos podem ter problemas com ferimentos, além de enfarto devido ao susto.

Acompanhe seu pet

A opção mais aceitável é que durante os momentos em que estejam estourando os fogos de artifício, você fique com seu cão. Sabemos que isso nem sempre é possível, mas você deve tentar. Mostre que você não fica aflito com o barulho, pois isso fará com que ele veja que não tem motivos para sentir medo também.


Reportar erro