Como sei se meu cachorro está estressado?

Assim como nós, os cachorros também podem sofrer de estresse e demonstram o quadro com uma série de sintomas. Saiba como notar se o seu cão está estressado


Assim como nós, seres humanos, os cachorros também podem sofrer de estresse e demonstram o quadro com uma série de sintomas. Uma das principais causas que desencadeia o estresse no cão é o fato de passar várias horas presos em uma corrente ou sozinhos dentro de um determinado cômodo durante todo o dia.

Causas que desencadeiam o estresse nos cães

Os cachorros são bastante sensíveis e possuem alto nível de empatia conosco, podendo inclusive adotar os nossos sentimentos como se fossem deles próprios. Por este motivo, é importante manter a calma no processo de adestramento, pois, se estivermos nervosos, ele perceberá o nosso estado. O mesmo acontece com o estresse: o cãozinho pode perceber o estresse do dono, absorver e adotar o estado.

Outras causas do estado de estresse nos cachorros são as seguintes: mudanças na rotina, ruídos, novos animais em casa, mudança de dono, falta de alimento, doença, chegada de estranhos a casa, ida a lugares desconhecidos, falta de exercícios, passar muito tempo sozinho e excesso ou falta de lazer.

Como sei se meu cachorro está estressado?

Foto: Pixabay

Principais sinais de que um cão pode estar estressado

É importante prestar atenção às mudanças de comportamento do cachorro, pois ele pode estar passando por um quadro de estresse. O quadro deve ser sanado o mais breve possível e, em alguns casos, é preciso da ajuda de um veterinário.
Lembre-se que o animal necessita da atenção diária de seu dono e deve viver sempre solto, recebendo uma boa alimentação e demais cuidados.

Confira a seguir quais são os principais sinais para saber se o seu animal de estimação está estressado:

Inquietação: Este é um dos sinais mais comumente notados, principalmente naqueles animais que passam o dia presos, seja pela coleira ou em determinado cômodo. O cão mostra o comportamento de andar de um lado para outro ou em círculos. Além disso, se o cachorro se sobressalta com facilidade diante de qualquer ruído, movimento etc., mostrando-se muito nervoso, também pode ser um sinal de estresse;

Agressividade: Os animais que vivem situações constantes de estresse tendem a se tornar mais agressivos, inclusive podendo atacar o próprio dono;

Falta de sono: Os cães precisam dormir cerca de 16 horas por dia e, caso o seu cãozinho esteja com dificuldades para relaxar e dormindo pouco, pode ser um indicativo de que esteja estressado. O indicado é que o dono preste atenção se o animal de estimação consegue relaxar no lugar onde costuma dormir;
Desobediência: A desobediência também é um dos sinais do quadro de estresse em cães e pode se manifestar quando os animais deixam de desobedecer aos seus donos, principalmente em relação aos comandos. Além disso, os cachorros podem começar a destruir objetos dentro de casa;

Lamber muito: Em um quadro de estresse, os cães também podem começar a se lamber excessivamente, principalmente em suas patas e região genital.

Fazer as necessidades fora do lugar: O desequilíbrio causado pelo estresse pode fazer com que um cão adestrado comece a fazer as suas necessidades fora do lugar determinado;

Excesso de latidos: Os cachorros estressados tendem a latir excessivamente, por qualquer motivo e por longos períodos;


Reportar erro