Como distrair cães que ficam sozinhos em casa?

Conheça aqui dicas importantes, práticas e fáceis de como distrair cães que ficam sozinhos


Quem tem cachorro em casa ou apartamento, sabe como é triste ter de deixá-los sozinhos, seja para uma viagem rápida, ir ao trabalho ou mercado. Qualquer situação que seja impossível a presença de nosso amigo canino é um tanto quanto doloroso para ambas as partes.

Os cachorros são animais criados para serem de companhia e, por isso, quando ficam sozinhos sentem em demasia a falta de seus donos, sofrendo com a solidão. Eles podem até mesmo ter alguns efeitos colaterais quando se sentem sozinhos por muito tempo, como por exemplo, depressão. Sendo assim, separamos neste texto algumas dicas de como distrair os nossos cachorros sempre que ficarem sozinhos em casa.

Como distrair cães que ficam sozinhos em casa?

Foto: Reprodução

Ensine o cão a se divertir com seus próprios brinquedos

Um cachorro tende a ficar estressado quando fica de 4 a 6 horas por dia sozinho, por isso é necessário ocupar o cão durante sua ausência. O dono precisa ensinar o cachorro a se divertir durante sua falta, brincando com seus brinquedos e aproveitando o momento para relaxar, porém este processo requer tempo, paciência e dedicação.

Ensine o cachorro a morder, brincar e se divertir com seus brinquedos e não com a mobília da casa. Outro detalhe importante é que o dono nunca deve fazer a associação de isolamento com punição, do contrário é possível desencadear uma depressão em seu cachorro.

Dicas para cachorros que ficam sozinhos

  • Promova períodos de silêncio e distanciamento gradativo ao longo do dia, isto fará com que o cachorro se habitue com a situação aos poucos.
  • Brinque com os brinquedos do cachorro ensinando-o a se divertir e morder sempre os brinquedos (e não os móveis). Compre sempre brinquedos destinados a cachorros, evitando assim que o cão venha a ingerir algum produto tóxico ou pontiagudo.
  • Escolha um cômodo da casa ou apartamento para criar o “cantinho da bagunça”, com brinquedos, caminha, água e comida. Se morar em apartamento escolha um local específico para as necessidades fisiológicas, sempre longe dos alimentos.
  • Sempre que for sair de casa, verifique se todo os brinquedos estão ao alcance do cachorro (e não em baixo do sofá, por exemplo).
  • Busque por brinquedos interativos, existem brinquedos onde é possível esconder dentro, biscoitinhos e rações, tornando a brincadeira mais divertida e animada para o cachorro, outros brinquedos atiram bolinhas quando acionados pelo cão.
  • Contrate uma diarista, pelo menos três vezes na semana, isso deixará o cão mais seguro e sem a sensação de se sentir abandonado.
  • Contrate um adestrador, dê preferência para que ele realize o adestramento/passeios com o cão nos períodos em que o dono estiver trabalhando ou ocupado, fazendo com que o cão se sinta menos solitário.
  • Contrate algum serviço de passeios diários para o cão, uma ótima dica para mantê-lo animado, menos ansioso e em boa forma.


Reportar erro