Cão bravo: o que fazer?

As causas da agressividade podem vir de vários fatores, e muitas vezes é possível tratá-la


Cada cachorro possui uma personalidade diferente, uns são muito animados, outros mais companheiros e até mesmo aqueles que não dispensam uma brincadeira a qualquer hora do dia, agora o que fazer quando descobrimos que temos um cão bravo em casa? Muitos donos passam por este tipo de problema, em ter um cachorro agressivo em casa avançando nas visitas, avançando em outros animais e em muitos casos alguns cães acabam, inclusive, enfrentando os próprios donos.

Causas para o cão ficar agressivo

As causas da agressividade podem vir de vários fatores, e muitas vezes é possível tratá-la ou amenizar boa parte do problema. Então, nesse artigo, vamos abordar exatamente esse assunto: entenda como solucionar e conheça as causas mais recorrentes.

Cão bravo - O que fazer?

Foto: Indika | Reprodução

Liderança – Se sente o dono da casa

Em famílias que possuem mais de um cachorro, é comum haver uma disputa pela liderança do território entre os animais. Esse comportamento também pode existir entre cães e humanos caso o dono do cão não imponha respeito. Uma ótima dica neste caso é adestrar o cachorro.

Dor – Lembre-se que seu cachorro não sabe falar

Quem não ficaria bravo em uma situação de dor? O cachorro ao sentir dor reage de forma agressiva, mostrando que algo não vai bem sempre que alguma pessoa encostar no local debilitado. Nesta situação leve o cachorro ao veterinário, para ser diagnosticado e tratado o quanto antes.

Medo – Se sentindo intimidado

O medo deixa qualquer animal em alerta, e com o cachorro não é diferente, o cão pode reagir de forma agressiva como mecanismo de defesa. Não dê sustos ou machuque o seu cachorro, evite de chegar perto quando o cão estiver comendo, bebendo água ou dormindo. Respeite o animal e seu espaço. Demonstre carinho e afeto, mostre ao seu cachorro que ele está protegido com você, eduque o cachorro de forma digna, e caso o animal faça algo de errado, uma ótima dica é adestrá-lo.

Protegendo os filhotes

Toda mãe tem seu instinto protetor, e por isso as cadelas tendem a fazer um ninho para maior proteção e costumam ficar agressivas neste período até que os filhotes cresçam e possam se proteger. Respeite o espaço da cadela e, aos poucos, tente uma aproximação. De um modo geral a cadela tende a ceder com o tempo, caso contrário procure um veterinário.

Cão agressivo desde pequeno

Alguns cães já possuem uma personalidade agressiva desde muito jovens, por questão de personalidade. Um dos métodos de acalmar os ânimos do cachorro é realizando a castração que pode vir a amenizar o problema ou boa parte dele. Caso o problema persistir a dica é realizar um acompanhamento ao veterinário e realizar o adestramento.

Não combata agressividade com agressividade

A agressividade do cachorro não deve ser combatida com agressividade por parte dos donos, isso piora ainda mais o problema, coloque uma focinheira no cachorro sempre que for passear com ele na rua e não deixe que desconhecidos e crianças fiquem sozinhos com o animal por medidas de segurança. Busque sempre a ajuda de um veterinário.


Reportar erro