Acostume seu cachorro a um novo cão em casa

Dicas são ideais para serem aplicadas de um cão para outro. Se você tiver mais de um, é preciso realizá-las de maneira individual


Se você já tem um cachorro, mas está querendo aumentar a família e ter mais um cãozinho em casa, é preciso seguir um processo para que haja uma adaptação correta entre o veterano e o novato. Dois ou mais cães podem viver tranquilamente juntos e em um mesmo ambiente, mas para isso o tutor tem que ter paciência e tempo disponível, tanto para fazer a socialização, quanto para ficar de olho nos primeiros dias de convívio entre os pets.

Antes de levar um novo peludo para casa, o tutor tem que saber muito bem como é o temperamento do animal mais velho. É preciso que haja uma compatibilidade entre os comportamentos dos animais, bem como o tamanho que deve ser semelhante. Além disso, o sexo dos cães deve ser levado em consideração. Uma vez que, cachorros de sexos opostos podem acabar tendo filhotes, assim a castração é a melhor opção.

Passos para apresentar um novo cão ao seu cachorro

Acostume seu cachorro a um novo cão em casa

Foto: Pixabay

1. Encontre o momento certo para fazer a apresentação

Tendo em vista que os animais podem se estranhar e até mesmo brigar, o tutor precisa escolher um dia ideal para apresentar os cachorros. Este dia deve ser um em que você esteja em casa por mais tempo, assim você mantém os olhos fixos em seus peludos, evitando maiores problemas entre eles. Um fim de semana pode ser o momento certo.

2. Escolha o ambiente e prepare o animal mais velho

Os próximos passos é selecionar um local para apresentar os dois animais. Não pense que a sua casa seria o ambiente perfeito para fazer esse primeiro contato. Os cães, mesmo convivendo muito com as pessoas, ainda possuem instintos de matilha. Desta forma, ao ver um cão no seu “território”, vai identificar como uma invasão e pode reagir de forma agressiva. Opte por lugares neutros, como a calçada, um parque, o muro de um vizinho etc.

Agora se não tiver jeito, prenda os animais na mesma casa, mas em cômodos diferentes. Mesmo sem ver um ao outro, eles saberão que existe outro animal em casa e aos poucos irão acostumar com o cheiro um do outro. Você pode ainda preparar o pet mais velho da casa com o cheirinho do novato. Basta que você pegue um pano e passe no peludo novo e depois deixe em ambientes que o seu cachorro costuma frequentar dentro de casa. Assim, no primeiro encontro ele já reconhecerá o cheiro como algo familiar.

3. Primeiro a amizade, depois o envolvimento

Depois do primeiro encontro e cheirada, não está liberado soltar os dois animais no ambiente em que eles vão viver. Realize um passeio com os dois e deixe-os, de forma natural, se entenderem e aproximarem. A amizade será construída aos poucos e você não deve forçar a barra com nenhum deles. É necessário respeitar o tempo de cada um.

Após um passeio divertido e de uma troca de cheiradas, você poderá levar os animais para o lar em que irão viver juntos. É interessante, inclusive, que eles tenham cansado muito no passeio. Assim, quando chegarem em casa, estarão bem exaustos e a cama será o ambiente ideal. Sem tempo para brigas.

4. Ambiente organizado

Ao colocá-los juntos em um só local é importante que ambos saibam suas limitações. É preciso duas bacias de água, dois potes de ração, brinquedos variados, camas separadas. Cada animal tem que ter seus próprios pertences e se reconhecer neles. Essa pode ser uma tarefa difícil se o novato for um filhote, por isso comece deixando suas coisas separadas, principalmente, no momento da refeição. Filhotes comem mais rápido e podem querer comer até o do “irmão” mais velho, que pode não gostar da atitude.

5. Tente agir normalmente

O cãozinho que já está na casa há mais tempo já irá sentir uma diferença ao ter que dividir o espaço com outro animal. Com o tempo ele vai se acostumar, mas ainda haverá riscos de possíveis brigas, o que é normal. Frente a isso, para facilitar esse processo de adaptação entre os cachorros, você precisa agir naturalmente. Não mude com o veterano, só por causa do novato. Busque sempre oferecer carinho e atenção nas mesmas doses para ambos. Mas comece sempre pelo maior, ele está há mais tempo e precisa saber que você também tem conhecimento disso.

Importante…

Se você tem mais de um cão em casa e está pensando em cuidar de mais um, é preciso repetir todas esses passos de forma individual entre os veteranos e o novato. Para não correr o risco de causar uma briga entre eles, pois os mais velhos estarão em vantagem sobre o pequeno.


Reportar erro