Cuidados essenciais durante gravidez da cadela

Confira dicas relativas a alimentação, exercícios e também aos banhos nas cadelas prenhas


Muitos donos de cachorros, principalmente de raça, tem o desejo de ver seus pets tendo cria, seja para fins lucrativos ou para ter um descendente daquele cão tão amado. Mas é essencial que você saiba que são necessários alguns cuidados com a futura mamãe.

Se você veio até esta página por achar que todas as cadelas devem ter pelo menos uma cria na vida, trazemos a verdade: essa informação está totalmente equivocada. A castração do pet é muito mais interessante para a sua saúde do que a gestação.

Mas se você realmente quer que sua cachorrinha tenha filhotes, confira alguns cuidados muito importantes para que a cadela continue com saúde durante a gestação e para que os filhotes nasçam também saudáveis.

Cuidados na gravidez da cadela

Foto: Reprodução

Características da gestação

Precisamos em primeiro lugar, entender como funciona a gestação de uma cadela. A duração média é de 60 dias, sendo que uma única ninhada pode chegar a gerar até 10 filhotes, dependendo da raça, do porte do animal e de outros fatores.

Para saber tudo sobre a gestação da sua cachorrinha, é importante consultar um veterinário para que todos os exames sejam feitos, determinando se será seguro ou não para ela passar por uma gravidez.

A gestação canina, após 25 dias, poderá ser confirmada por meio de ultrassom e apalpação feita pelo veterinário – 35 dias após a cruza. É importante que a gestação seja acompanhada por um médico veterinário.

Atenção!

Nunca utilize medicamentos anticoncepcionais em uma cadela gestante, mesmo que a gestação seja indesejada, pois isso pode ocasionar em piometra, uma infecção do útero que pode trazer riscos de morte ao pet.

Os cuidados com a cachorrinha gestante

Sabendo que a cachorra está prenha, é importante que, após 30 dias de gestação, ela passe a receber uma ração especial que é mais calórica e, além disso, possui altos teores de cálcio e proteína.

Pode ser usada também uma ração especial para filhotes, pois ajudará a suprir as necessidades e evitar que a cachorra desenvolva eclampsia – algo semelhante com uma convulsão pré e/ou pós-parto, ocasionada pela falta de cálcio.

Durante a gestação, é importante praticar exercícios leves como caminhadas pequenas, pois dessa forma seus músculos estarão mais fortalecidos, tornando o parto mais simples.

Se ela não gostar de banho e se estressar nessas ocasiões, você deverá diminuir a quantidade de banhos para evitar o seu estresse, pois isso pode gerar partos prematuros.

Entrando em trabalho de parto

Quando a cachorra tem o início das contrações, ou seja, quando entra em trabalho de parto, ou ainda quando soltar um líquido esverdeado pela vagina começa a contar um tempo de até duas horas para que o primeiro filhote nasça.

Mas atenção: se ela se sentir indisposta, muito cansada ou passar desse período, leve-a ao veterinário para que, se necessário, seja feito um parto com intervenção médica. O intervalo entre os nascimentos também pode ser de, no máximo, duas horas. Caso ultrapasse esse tempo, a indicação é a mesma.


Reportar erro