Segredos para um adestramento bem sucedido

Adestrar seu cachorro é uma das muitas formas de ensinar o que é certo e errado, além de mostrar sua autoridade. Confira algumas dicas de como fazer.


Todo dono de cachorro passa por dificuldades na hora de adestrar seu pet. E esse tipo de treinamento é extremamente importante para os mais diversos fins, como para brincadeiras ou para aprender onde ele pode e não pode fazer xixi, por exemplo. Só existem dois tipos de relação entre cães e humanos: a de dominante e a de dominado. Por isso é tão necessário que se imponha limites, e que desde cedo o seu cachorrinho saiba quem é que manda.

É ideal que esse adestramento ocorra com o cachorro ainda filhote, pois é nessa fase que os hábitos e personalidade do animal estão sendo construídos. O primeiro passo é deixar bem claro o significado das palavras “não”, “aqui” e “muito bem”.  Ao contrário do que se pensa, a contratação de um adestrador profissional não é essencial, e com algumas dicas, você mesmo é capaz de adestrar o animal.

Seja paciente

O seu pet não vai apreender tudo na hora. Cada tipo de cachorro possui um tempo diferente para compreender seus comandos, portanto, tenha paciência e espere que, aos poucos, ele vai entendendo os conceitos.

Segredos para um adestramento bem sucedido

Foto: Pixabay

Seja amável e evite punições

Quando está aprendendo, é normal que se cometa erros. Evite punir seu bichinho, pois o efeito pode ser totalmente diferente do que se espera. Procure demonstrar autoridade, mas sempre com amor.

Recompense seu pet

A melhor forma do seu cão entender que está fazendo o certo, é recebendo recompensa. Eleve a autoestima dele, sempre elogiando as boas ações com um “muito bem” ou “parabéns”. Dê muito carinho, e – por que não? – petiscos. Seja generoso nas recompensas, assim, além de auxiliar na compreensão, vai induzir seu pet a repetir as ações excepcionalmente boas.

Planeje e estabeleça metas

Divida as atividades em fases pequenas, pois é aos poucos que se aprende. Faça de tudo para que seu cãozinho tenha sucesso. No entanto, se com o passar do tempo isso não ocorrer, tente diminuir a fase. E trace também um objetivo específico. Afinal, como você saberá que ele atingiu a meta se você nem mesmo definiu uma?

Pratique com frequência

A prática leva a perfeição. Utilize sessões curtas, para não cansar muito seu pet, mas frequentes. Não adianta começar em um dia e depois ir adiando por muito tempo. Lembre-se de manter o seu bicho ávido e entusiasmado com o treinamento.

Seja realista

Tenha em mente que com alguns cachorros o adestramento é mais complicado. Saiba que a presença de outras pessoas, ou ambientes diferentes, interfere na concentração do seu cachorro. Portanto, não exija que ele tenha determinado comportamento em um local onde não foi treinado.

No mais, com muito amor, carinho e paciência, você poderá ensinar comandos como o “senta”, “deita” e outros truques para seu animalzinho. Basta seguir alguns passos e disponibilizar um tempo especial para o adestramento.


Reportar erro