Aprenda como evitar que seu cachorro fique pulando nas pessoas

Na maioria dos casos, os cães pulam para demonstrar o afeto ou como um pedido de brincadeira


Nos momentos de felicidade ou quando querem chamar alguém para brincar, é comum que os cães pulem nas pessoas. Este é um comportamento normal especialmente nos cães jovens, mas pode causar algum desconforto caso eles passem a pular de forma descontrolada, principalmente quando a pessoa não gosta ou não é acostumada com animais.

Na maioria dos casos, os cachorros pulam para demonstrar o afeto ou como um pedido de brincadeira, mas outros fatores também podem estar envolvidos, como o domínio do cão em determinado território ou o medo de alguém, o que o leva a pular como uma maneira de defesa.

Como impedir que os cães pulem nas pessoas?

Muitos donos que sofrem com este problema têm o costume de gritar “não”, “desce daí” e outras frases que não resolvem a situação. Para fazer com que o seu cachorro pare de pular nas pessoas, primeiramente é necessário conhecer bem o animal para colocar em prática algumas técnicas que podem acabar com este comportamento.

Como impedir que seu cachorro fique pulando nas pessoas?

Foto: Pixabay

Se o cão estiver pulando nas pessoas como um ataque, o treinamento dado a ele deverá ser mais sério, mas, nos casos em que os pulos são para demonstrar afeto ou chamar alguém para brincar, podem ser usados alguns métodos para mudar este hábito em poucas semanas. Confira algumas dicas a seguir:

Ignorar

Quando o cachorro pular e conseguir colocar as patas em você, vire de costas como uma forma de afastá-lo. Evite dar atenção a ele e nunca o empurre para o chão com as mãos, pois ele pode achar que se trata de uma brincadeira. O melhor a se fazer é desviar e andar para longe do cão para que ele entenda o propósito.

Evitar que ele pule em você

Se o dono permitir que o cachorro pule nele sempre que chegar em casa, o animal terá a tendência de fazer o mesmo com todas as visitas. Por isso, o melhor a ser feito é evitar este tipo de comportamento, bloqueando com o corpo. Para isso, vire o corpo de lado, estique a perna ou faça um bloqueio com os quadris para que ele não consiga encostar as patas em você.

Quando ele encostar as quatro patas no chão novamente, diga “senta” e faça carinho nele, para que elo mesmo aprenda como conseguir o que quer.

Outro método de bloqueio é usar as mãos ao ver o cachorro se aproximar para pular. Ao direcionar a mão para o animal, ele tenderá a se afastar.

Ensinar outros comportamentos

Uma boa dica é tentar ensinar ao cão outro comportamento que substitua o ato de pular. Por meio de alguns exercícios de condicionamento, o dono pode ensinar o que ele pode fazer para cumprimentar as pessoas.

Alguns donos ensinam que o animal deve sentar toda vez que a campainha tocar, outros ensinam o cão a buscar algum brinquedo em vez de pular nas visitas que entram na casa. É importante usar reforços positivos sempre que o cachorro fizer a coisa certa, então sempre que uma pessoa entrar na casa e ele não pular, ofereça a ele um petisco, um elogio e faça carinho no seu pet.


Reportar erro